Posso estudar bateria em casa?

Amantes da bateria, comecem a comemorar, seu estudo pode acontecer em casa, até mesmo para quem não possui o instrumento.

Durante a música, vários sons diferentes acontecem ao mesmo tempo, por exemplo: em uma banda, normalmente você tem o contrabaixo, guitarra, bateria, vocal, talvez o teclado ou piano (isso varia de acordo com a banda e com o estilo musical), podemos escolher o nosso foco de interesse. Por isso, faça essa experiência, coloque uma música e se concentre apenas na bateria e no som que ela faz.

O exercício de prestar atenção nas músicas em que o som da bateria está presente deve ser feito antes mesmo de sentar na bateria para tocar, pois devemos compreender a sua dimensão sonora e notar sua presença marcante e como ela dita o ritmo das músicas.

Aprenda a fazer o ritmo

A bateria é um instrumento que normalmente toca um groove (célula rítmica que se repete), tente identificar esse groove. Uma vez feito isso, pense em uma das propriedades do som, que seria a altura, desde os sons agudos ou graves.

Depois, tente reproduzir os sons identificados acima com o instrumento vocal, em outras palavras com a voz. Mas, por que cantar esse groove? Porque naturalmente usamos o instrumento vocal para a emissão de sons (como a fala) e para quem nunca tocou bateria, esse é o instrumento ao qual estamos mais familiarizados, o que facilita na compreensão de um novo instrumento e em suas propriedades.

Uma vez reproduzido esse groove, você conseguiu compreendê-lo. Sendo assim, comece a distribuir esses sons entre os membros superiores e inferiores do seu corpo, de início marque o pulso (andamento e/ou ritmo da música) em um dos pés (direito ou esquerdo).

Um exemplo para facilitar:

1 – Sente em uma cadeira;
2 – Conte até quatro em voz alta: 1, 2, 3, 4 (um número por segundo);
3 – Bata o pé direito em cada um dos números e continue contando em voz alta;
4 – Agora junto com o pé direito bata a mão direita na coxa da perna direita (em todos os números);
5 – Quando se sentir confortável, bata a mão esquerda na coxa da perna esquerda junto com os números 2 e 4.

Pronto! Você acabou de tocar um groove simples que se encaixa em grande parte das músicas pop e rock! Conforme você fica confortável com essa sequência, se desafie e crie outras, mas se lembre de manter um tempo constante, ou seja, tente não acelerar ou desacelerar o ritmo. Depois de compreender e realizar a sequência rítmica com o próprio corpo, executar na bateria se tornará mais simples. Vale lembrar que ter a ajuda de um professor é sempre muito importante, tanto para a parte teórica, quanto para a parte prática. Pois ambas irão auxiliar no êxito da execução esperada.

Sempre parta de sequências mais simples e somente mude quando se sentir confortável. Se você tiver dúvidas, venha realizar uma aula experimental gratuita para esclarecermos!

E lembre-se: não se limite somente a esse exercício, o ritmo está em tudo. Você pode fazer uma “batucada” em qualquer lugar, até porque, praticar nunca é demais. 😀

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

Deixe seu comentário!