O que é solfejo?

Atualizado em 18/04/2020.

Aprender a ler música é exatamente como aprender uma nova língua, é aos poucos que passamos de ouvinte em uma conversa musical, para um leitor de partituras. Por isto, no mundo da música, a teoria musical é tão importante, ela nos ensina a ler, escrever e falar musicalmente.

Solfejar é um exercício de leitura cantada das notas musicais de uma partitura. O solfejo é regularmente usado em aulas de teoria musical, pois facilita o aprendizado e aprimora a leitura de partitura. O exercício é essencial, pois trabalha ritmo, melodia, afinação e contribui na evolução musical, ao desenvolver a percepção auditiva que auxilia na identificação e assimilação das notas musicais, bases da musicalidade.

Passos do solfejo

  1. Conheça as notas e figuras musicais. Antes de solfejar o ritmo você precisa saber quanto tempo vale cada figura musical e antes de solfejar a melodia, você precisa conhecer a linguagem de uma partitura. Para tocar uma música, um instrumentista lê os “códigos de comando” da partitura, assim como os computadores seguem uma programação. Pode parecer complicado, mas com o tempo você aprende a ler “fluentemente” os espaços e símbolos da partitura. Uma nota “dó” não é apenas uma figura flutuante, mas uma figura musical acertadamente posicionada em um espaço ou linha da partitura. 
  2. Faça a leitura rítmica antes de fazer o solfejo melódico. Cada figura musical corresponde a um determinado tempo. Se você conhece os valores de cada figura, está pronto para uma leitura rítmica. Pois a leitura rítmica é aquela em que você lê apenas o ritmo (tempo), sem o nome ou entonação das notas. 
  3. Faça a leitura métrica, ou seja, fale o nome das notas junto com o ritmo.
  4. Para partituras de nível de dificuldade maior, faça uma escala na tonalidade (tom) do seu solfejo, subindo e descendo, várias vezes, depois faça os arpejos (quando as notas de um determinado acorde são tocadas uma após a outra).
  5. Por último, faça seu solfejo.

Vamos a um exemplo?

Frere Jaques (imagem)

(Cantiga Francesa)

Leitura Rítmica:

(Cada vogal equivale a 1/2 tempo)

taa taa taa taa – taa taa taa taa

taa taa taaaa – taa taa taaaa

tatatata taa taa – tatatata taa taa

taa taa taaaa – taa taa taaaa

Leitura Métrica:

(Cada vogal equivale a 1/2 tempo)

Dóó Réé Mii Dóó – Dóó Réé Mii Dóó

Mii Fáá Sooool – Mii Fáá Sooool

SolLáSolFá Mii Dóó – SolLáSolFá Mii Dóó

Dóó Sool Dóóóó – Dóó Sool Dóóóó

Solfejo:

Agora é a sua vez! No solfejo geralmente usa-se a palavra “lá”. Para realizá-lo você deverá cantar as notas apresentadas na partitura de acordo com a tonalidade e tempo de cada uma.

laa laa láá laa – laa laa láá laa

laa laa láááá – laa laa láááá

lálálála laa laa – lálálála laa laa

laa laa laaaa -laa laa laaaa

 

Auxílio de Instrumentos

O piano e teclado são instrumentos que irão te auxiliar ainda mais no aprendizado do exercício do solfejo devido à visualização de todas as 12 notas (7 teclas brancas + 5 teclas pretas). Além disso, a sonoridade das notas tocadas no instrumento servirão de referência para o canto.

Estudar música é incrivelmente inspirador. Cada descoberta é como uma lâmpada que se acende para mais novidades e conhecimentos. Música é arte e toda arte é também técnica. Para o estudo da música a matemática e a lógica são grandes aliadas, experimentadas de uma maneira divertida e encantadora, pois na música “1+1” se torna uma canção.

Ficou interessado em conhecer mais sobre mundo da música? Temos diversas opções de cursos para crianças, jovens, adultos e melhor idade. 

Clique aqui e conheça nossos Cursos de Música!

Autora: Heloiza Castro

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe seu comentário!