Hobbie na terceira idade: saiba qual a importância

Hobbie na terceira idade: saiba qual a importância

Independente da idade, a prática de atividades artísticas só traz benefícios. Às crianças, ela contribui para o desenvolvimento. Na fase adulta, pode ser o caminho profissional escolhido ou mesmo servir como o momento de lazer, de refúgio e terapia. Para a terceira idade, mais do que um desafio, a arte promove a realização pessoal, o preenchimento do tempo e, acima de tudo, da alma.

E depois da aposentadoria?


Muitas pessoas ficam sem saber quais atividades praticar e acabam desenvolvendo até mesmo, depressão quando se aposentam. A falta de atividades que estimulam o corpo e a mente pode ocasionar perdas de aptidões físicas e cognitivas para o idoso. Atividades prazerosas, desafiadoras e estimulantes como cursos de artes são ótimos hobbies e passatempos para quem se encontra na terceira idade, não apenas por serem uma forma de lazer, mas por proporcionarem benefícios à saúde mental e corporal de quem as pratica.
Ativando memórias e criando novas experiências

Conversamos com a professora Hilda Natume, pianista e mestra em educação, cuja pesquisa recente tratou da musicalização na terceira idade e seus resultados na ativação de  memórias e sentidos. A professora observou durante as práticas pedagógicas que experimentou em pesquisa, que os idosos estão abertos. “Eles querem aprender coisas novas, aprender música, artesanato, dança, querem aprender coisas divertidas. E nós, da educação, temos que respeitar o tempo de aprendizado deles.” A professora explica que quem está na terceira idade não está esgotado em termos de experiências e, além de recordar memórias antigas, ainda há muito espaço para o aprendizado de coisas novas.  Os motivos para procurar cursos de artes podem ser vários: vontade de estar em grupo e conhecer pessoas novas, aprender os conceitos teóricos de algo que sempre fez, realizar um sonho antigo, aproveitar o tempo livre para praticar novas atividades e estabelecer novos hobbies e passatempos. A professora Hilda, que trabalha com as práticas de arte na maturidade no Belas Artes Joinville conta que “os idosos vem, ou porque sempre quiseram aprender o instrumento ou porque já tocam, mas querem aprender os conceitos musicais. Muitos não tiveram oportunidade, não tinham dinheiro na época ou os pais não tinham condições. Então agora que eles estão aposentados, eles investem nesse sonho. Querem aprender, mas sem pressa, no tempo deles.”

Realizando um sonho


Os benefícios são muitos, vão da coordenação motora à memória, do convívio social à reconquista da autoestima. De acordo com a pianista, “eles se sentem importantes, úteis, sentem que ainda podem realizar os sonhos”. E, de fato, nunca é tarde para realizar um sonho. Com disposição, tudo é possível. Vencer todas as barreiras e realizar um sonho, é admirável. Por isso, cursos especiais preparados para o público da terceira idade são facilitadores ao processo de aprendizagem dos idosos.

Para que todos saibam que no Belas Artes Joinville idade não é limite para aprender, temos grupos de música especialmente preparados para atender ao perfil da terceira idade. Quem se matricula pode escolher o grupo de sua preferência, e o grupo de arte na maturidade é uma das opções indicadas. Nas aulas, o tempo de cada um é respeitado e a escolha do repertório é feita de acordo com o gosto e as memórias dos alunos.

O Belas Artes Joinville oferece cursos nas áreas de música, dança, teatro e artes visuais (pintura, desenho e fotografia). Clique aqui e comece hoje mesmo a realizar seu sonho!


Belas Artes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!

Não estamos online no momento. Mas fique a vontade para nos enviar uma mensagem!

Ótimo! Agora escreva a sua dúvida!

Clique ENTER para enviar!