Cantar no chuveiro! Quem nunca?

benefícios de cantar no chuveiro

Acredite, existe explicação cientifica! Além da alegria e satisfação em cantar no chuveiro, estudos afirmam que a superfície lisa do acabamento das paredes (geralmente cerâmico) e o próprio tamanho do banheiro (que costuma não ser muito grande) faz o som reverberar e desta forma encorpar sua voz.

Alguns utensílios do ambiente também podem promover a voz à excelência (ou quase isso), como a própria porta, por exemplo. Normalmente constituída em madeira essa peça da construção apresenta rigidez e resistência, pontos fundamentais para uma boa acústica já que esse material reflete as ondas sonoras. Portanto, se o seu box tem aquelas cortininhas, não desanime ao cantar. Esse material não retém o som e, desta maneira não favorece o envio do canto emitido.

A justificativa dos materiais disponíveis no banheiro é técnica. A cerâmica, como já mencionamos, é lisa e reflete melhor as ondas de som deixando-o mais intenso e transformando o próprio box praticamente em uma caixa de ressonância sonora. O pequeno espaço da maioria do banheiros permite que a voz fique mais tempo no ar, dando a impressão de voz mais encorpada. E ainda a ausência de obstáculos (que seriam os móveis de um cômodo) é realidade dos conhecidos banheiros.

Cinco motivos científicos para cantar no chuveiro

Veja a seguir cinco motivos comprovados para você continuar soltando o gogó no banheiro. Sua saúde agradece!

1. Longevidade

A prática do canto, assim como a prática da dança, estabelece vida física e mental mais ativa. Não que essas atividades ofereçam mais tempo na caminhada da vida, mas com certeza o período de vida será de qualidade e maior bem-estar. Quem ocupa a cabeça com música, por exemplo, não tem tempo para alimentar uma mente vazia.

2. Estímulo ao pulmão e ao coração

A saúde desses dois órgãos pode estar diretamente ligada a atividades deles. O volume alto emitido pela voz pode trabalhar diversos músculos do nosso corpo e possibilitar a melhor circulação de ar. Pesquisas feitas na Suécia pela Universidade de Gothenburg concluíram que cantar em grupo pode ajudar na vitalidade do coração. Ainda foi comprovado pela Universidade de Cardiff que pacientes de doenças crônicas de pulmão que já tiveram contato anterior com alguma banda ou coral apresentam uma melhoras relativamente superior aos que não tiveram essa experiência.

3. Quase uma academia

A postura determinada por corais (geralmente de pé) acaba por enrijecer as pernas dos participantes. É necessário firmeza para se manter nessa posição, o que até estimula os cantores a se exercitarem mais.

4. Botox natural

Hoje é tão comum ouvir sobre tratamentos faciais, cremes, massagens, botox. Pouco se fala, no entanto, em exercitar os músculos do rosto. Para atingir uma qualidade de som agradável aos ouvidos é necessário técnica (http://belas.art.br/cursos/curso-tecnico-em-canto/ ) e exercícios (de respiração e de postura), fatores que naturalmente garantirão um rosto com aparência mais jovem.

5. Felicidade

Sabe aquela relação de esporte e felicidade? O princípio é o mesmo: liberação de endorfina pelo organismo. O cérebro produz endorfina e o corpo libera enquanto a pessoa está cantando. A sensação e de prazer e de uma melhora considerável no humor.

Quanto benefícios, não é mesmo? Busque aprender mais ou mantenha a rotina de cantor de banheiro, o importante é cantar! 😉

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

Deixe seu comentário!