A fotografia no mundo digital

Cada vez mais pessoas têm exposto seus momentos importantes nas redes sociais, proporcionando uma comunicação ainda mais detalhada com seu grupo de amigos e familiares. De fato, uma imagem vale mais que mil palavras!

Para falar um pouco mais sobre o assunto, entrevistamos a professora de fotografia Cheila Wiggers. Segundo ela, “hoje nós somos muito visuais, pois compartilhamos tudo através de imagens: nosso estilo de vida, o que consumimos, o que gostamos e acreditamos. Então, se as imagens são boas, a comunicação também fica melhor.” E a lógica faz muito sentido, já que assim como um escritor precisa de vocabulário, um fotógrafo também precisa de um repertório.

Nos últimos anos, a fotografia se tornou ainda mais acessível graças às tecnologias. Isto é, o que antes necessitava de grandes máquinas fotográficas, hoje pode ser feito com celulares. Seja nos encontros de família, nas festas entre amigos e em diversos outros eventos cotidianos, os celulares estão lá captando os melhores momentos com rapidez e praticidade.

Alguns fotógrafos ainda se dividem nas opiniões sobre o acesso amador à fotografia pelo celular, mas o fato é que as fotos têm sido cada vez mais populares e requisitadas. De todo modo, é sempre importante lembrar que há princípios fotográficos que podem ser aplicados também às fotos tiradas com celular.

Os princípios da fotografia

Muitas pessoas pensam que, em um curso de fotografia, apenas se aprende a usar os equipamentos fotográficos. Mas não é só isso. Nas aulas, os alunos aprendem todos os princípios que envolvem a prática fotográfica. Tais princípios são: composição, enquadramento, regra dos terços e fotometria. Estes tópicos abordam questões como a iluminação da foto, o posicionamento do foco da imagem, o melhor ângulo, as cores e tudo o que envolve a parte visual da imagem.

A professora Cheila ainda garante que, é necessário ter este olhar artístico para as fotos antes mesmo de aprender a mexer com os equipamentos. Os adeptos ao celular encontrarão alguns limitadores para a fotografia, mas há aplicativos que simulam alguns recursos de uma câmera. Cheila comenta que “hoje, temos câmeras de celulares com grande qualidade e as pessoas têm tirado muitas fotos. Porém, no celular não é possível ter controle sobre alguns recursos. Mas ter um olhar estético sobre a imagem é importante para quem captura fotos, tanto na câmera como no celular.

Comunicação visual

Cada vez mais as pessoas têm tirado fotos e se interessado pela comunicação visual. Nas redes sociais, as imagens são uns dos principais meios utilizados para quem quer se comunicar.

Cheila acredita que “as fotos falam com as pessoas, sejam elas espontâneas ou artísticas”. E, encontrar a beleza da vida nos pequenos detalhes, procurar um olhar e belos ângulos com embasamento estético, é algo fundamental para quem quer se comunicar bem.

Tendências fotográficas

A fotógrafa e professora Cheila Wiggers acredita que a maior tendência atual da fotografia seja contar histórias. “A fotografia tem o poder de entregar imagens que representam histórias e momentos”, explica. E acrescenta que “ela está ligada aos equipamentos, com acesso facilitado a câmeras de todos os tipos”.

Outra tendência atrelada à ideia de contar histórias está na busca por espontaneidade. Há algum tempo, já saímos dos retratos de família com pessoas paradas em frente à câmera. Hoje, as fotos são em lugares diferentes como academias, parques, piscinas e ruas, com movimento e naturalidade, fazendo ser verdade a premissa de que, quanto mais acessível a fotografia é, mais no cotidiano ela está.

Para Cheila, “o real valor da fotografia está em termos boas fotos, independente de ser um amador ou um profissional, seja com uma câmera ou celular”. A fotografia é uma das linguagens de comunicação e, é importante que pessoas comuns se apropriem disso, compartilhando o que acreditam com outras pessoas por meio da imagem.

Assim como escrever uma poesia ou dançar, tirar fotos não é só coisa de profissional. Todos podem aprender a fotografar e é importante que as pessoas contem suas histórias, pois, de acordo com a professora Cheila, “o nosso olhar sobre o mundo pode fazer a diferença”.

Então, se você quer se comunicar bem, é necessário ter técnica e conhecimento de alguns princípios para tirar fotos de qualidade. Da mesma forma como é na literatura, se você não tem vocabulário você não consegue escrever, na fotografia também é necessário ter um repertório.

Por isso, o Belas Artes Joinville oferece cursos rápidos de fotografia, com duração semanas ou meses. Tem opção para todos os perfis: para quem está começando, para quem quer se profissionalizar e para quem já é profissional e deseja ampliar seus conhecimentos sobre o assunto. Clique aqui e tenha mais informações sobre os cursos de fotografia da nossa escola.

Fotos: Cheila Wiggers

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

Deixe seu comentário!