Quais materiais preciso para tirar uma boa foto

Quais materiais preciso para tirar uma boa foto

Falando de fotógrafos profissionais e fotógrafos amadores, os equipamentos fotográficos também podem ser classificados desta forma. O dicionário define amador como quem “se dedica a uma arte ou ofício por mero prazer” e profissional como a pessoa “que faz uma coisa por ofício”. Pensando desta forma, é possível visualizar os aparatos necessários e adequados para a produção da fotografia.
Além do material apropriado, é bastante importante conhecer, estudar e aplicar a teoria. Conceitos de controle de luz, brilho, foco, ISO, abertura e tempo de exposição são necessários e podem ser a diferença entre uma ótima fotografia e uma fotografia mediana.

Equipamento fotográfico

Já aqui nesta decisão o fotógrafo que irá manusear o equipamento está se posicionando como amador ou profissional. O mercado oferece boas câmeras para os dois segmentos e cursos intermediários também. Vamos ver um pouquinho de cada então?

Para o iniciante

 

  • Câmera compacta;
  • Bateria (ou pilhas) – costuma acompanhar a câmera, mas levando em consideração o tempo de uso em uma viagem, por exemplo, vale a máxima que pessoa prevenida vale por duas. O ideal é sempre ter um jogo de pilha a mais e carregada ou uma bateria extra;
  • Cartão de memória – um cartão de 16GB atende bem a demanda. Caso esteja pensando em uma viagem longa ou de difícil acesso para descarregar as fotos, seria mais apropriado a aquisição de dois cartões do que de apenas um com maior capacidade, como 32 ou 64GB, pois existe o risco de extraviar e todas as imagens estariam em um único lugar;
  • Pau de selfie – instrumento questionado por alguns fotógrafos, pois não garante a qualidade do trabalho, muitas vezes é ele quem salva a foto de um grupo, por exemplo. Avaliando de maneira mais caseira e por hobby mesmo, esse é um diferencial que agrega no momento em que o fotógrafo também deseja se incluir na recordação da turma.

Para o intermediário ou profissional

 

  • Câmera DSLR (Digital Single Lens Reflex) – a definição Reflex se refere ao fato de que o que está no visor é exatamente o que será capturado pela câmera, mantendo da forma mais original possível ao momento ou paisagem capturados;
  • Bateria, pilha e cartão de memória – da mesma forma que na câmera compacta esses elementos devem estar disponíveis e, sempre que possível, trabalhar com memória e bateria extras para não ser pego de surpresa;
  • Lentes – também conhecidas por objetivas quanto melhor a qualidade, mais nítida, com cores fiéis e menos deformidades as imagens aparecerão. O modelo da lente dependerá do uso final que as fotos se propõem;
  • Flash – geralmente este recurso traz a solução para fotos com baixa luminosidade, seja interna, noite ou mesmo ao ar livre em um dia nublado;
  • Tripé – especialmente para eventos, paisagem, fotos posadas em geral, o tripé é fundamental. É possível encontrar uma gama de variedade aqui: leves, pesados, grandes, pequenos e alguns até com recursos para facilitar a vida do fotógrafo;
  • Bolsa (case) – principalmente para o profissional, é importante manter os instrumentos da foto em um mesmo local para deslocamento, além de que alguns cases, inclusive, protegem o equipamento amortecendo eventuais impactos.

E aí? Profissional ou amador? A lista inicial ajudou você na escolha?
Volte aqui e conte para nós. Compartilhe os seus cliques e estimule mais amantes da fotografia também.

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe seu comentário!