As diferenças entre o Baby Class e o Ballet Infantil

Atualizado em 18/04/2020.

Baby Class e Ballet Infantil, você sabe a diferença?

Não se preocupe se a resposta for “não”, a dúvida é comum. E para ajudar, vamos explicar tudo sobre as diferenças entre o baby class e o ballet infantil neste post. Já dando um “spoiler”, podemos dizer que a diferença está na fase da infância na qual as crianças estão. Ou seja: dividimos os cursos de acordo com a idade, assim como na escola regular se divide entre ensino infantil e ensino fundamental, por exemplo. É normal que nessas atividades complementares também haja uma regulação com relação à idade dos pequenos. Uma atividade como a dança na infância pode trazer muitos benefícios para as crianças e as fases de desenvolvimento devem ser respeitadas.

A dança desenvolve a mente e o corpo e, durante a infância, toda estimulação é bem-vinda. O Baby Class é o primeiro passo para a criança que deseja dançar, pois são nestas aulas que o Ballet Clássico será apresentado aos pequenos. Neste primeiro momento em contato com o Ballet, as crianças descobrem a dança de uma maneira lúdica e afetiva. As cantigas e cantos populares são transformados em movimento, e tudo ganha forma ou vida: um pé pode virar palhaço, o joelho vira cabeça e as mãos se transformam em pétalas de flores. Não faltam maneiras de deixar as aulas divertidas e encantadoras, tornando o aprendizado leve e eficaz. 

Diferenças entre Ballet Clássico e Baby Class

Nas aulas de Balé para crianças, os alongamentos, os primeiros passos do Balé e as noções de ritmo são ensinados dentro das possibilidades da fase em que os pequenos estão, respeitando os limites do corpo ainda em desenvolvimento. Tal abordagem, refere-se à primeira infância, dos 3 aos 6 anos. Após esta idade dá-se início ao aprendizado do Ballet Clássico em suas formas e técnicas básicas de maneira mais direta. Ainda assim, o curso de Ballet Infantil contempla passos e posições com dificuldades de nível infantil, pois nesta fase a criança ainda está em pleno desenvolvimento corporal. Nesta fase a criança aprende passos e técnicas belíssimas do balé clássico e desenvolve consciência corporal, musculatura, flexibilidade e ritmo.

Saiba mais sobre os benefícios do balé para crianças no post:
Benefícios do balé para crianças

Confira na tabela abaixo as diferenças entre o Baby Class e o Ballet Infantil:

 

BABY CLASS

BALLET INFANTIL

As idades são diferentes e os desafios da aula aumentam de acordo com o crescimento e conhecimento da criança:

Dos 3 aos 7 anos

Dos 8 aos 11 anos

A movimentação pode ser a mesma, o que muda é o modo como os exercícios são apresentados, um exemplo é esticar e flexionar o pé:

“Pé de palhaço” e “pé de bailarina”

Ponta de Pé e Flex

A aula acontece de maneira diferente nos dois cursos:

Jogos, brincadeiras e movimentações diversas

Exercícios de repetição e composição de movimento

O espaço utilizado da sala de aula muda de acordo com a proposta:

Círculos, chão, diagonais e espaço total da sala

Barra, centro e diagonais

Conheça mais sobre o curso de Baby Class no post:
Baby Class: tire suas dúvidas sobre a aula de balé para bebês!

Fazer balé é o desejo de muitas crianças, e o receio dos pais pode ser a idade certa para começar a aprender a atividade. E é uma dúvida relevante, pois o Ballet que vemos nos palcos parece exigir maturidade e dedicação dos bailarinos. Mas o balé pode ser ensinado desde cedo, e ainda ser aproveitado como um grande estímulo para o desenvolvimento das crianças. É por isso que nos preocupamos em preparar as aulas de acordo com a idade em que os alunos se encontram, com a linguagem e a dinâmica apropriada ao mundo infantil.

Autora: Heloiza Castro

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe seu comentário!