Os tabus acerca dos cursos em EAD (ensino à distância) e aulas online tem ficado cada vez mais distantes e desmistificados. Nos últimos anos o setor cresceu não apenas em recursos e número de alunos, mas também no reconhecimento. Grandes universidades começaram a oferecer cursos nesta modalidade e o mercado de trabalho tem se tornado cada vez mais aberto à formações por meio de aulas online. Além das graduações, cursos de especialização também garantem a reputação do EAD em praticidade e eficiência. Não obstante, os últimos meses proporcionaram o aceleramento das mudanças no setor educacional, abrindo portas para cursos online de várias modalidades. A grande questão, que está atrelada à tudo que envolve educação, é a metodologia aplicada aos recursos disponíveis e à condição dos indivíduos envolvidos no processo para a construção do conhecimento. Ou seja, é necessário que haja contínuo processo de pesquisa e aprimoramento das tecnologias de comunicação, que professores e alunos tenham acesso e conhecimento prático dos recursos e que estes dialoguem sem barreiras durante os processos de aprendizagem.

A figura do mentor, mesmo que muitas vezes cruzada, se difere do autor, do comunicador, do escritor ou do pesquisador. Um curioso pode aprender em livros, revistas, artigos, vídeos e podcasts, mas um aluno aprende na troca, na questão, na argumentação, no “momento de luz”. São estes momentos que fazem aluno e professor, na presença e na disponibilidade, na relação e no afeto. Foi pensando nisso que Karina, 41, ingressou no curso de Desenho Artístico do Belas Artes Joinville. Pedagoga de formação e recém graduada em Artes Visuais, Karina buscava um curso presencial de desenho e pintura, mas com as diretrizes de isolamento social teve que partir para outras alternativas. Residente em Belém, no Pará, a professora relembra, “eu ia ter que deixar um dos meus empregos para poder fazer o curso”, mas encontrou na quarentena o tempo que precisava para aprimorar o currículo. Como uma exímia brasileira, Karina fez dos limões uma limonada e aproveitou o tempo livre para realizar mais uma conquista em sua carreira, “eu pesquisei na internet e encontrei o Belas Artes”. A escola, começou a oferecer aulas online também durante a quarentena, pensando nos alunos já matriculados e possibilitando que novos apaixonados por arte pudessem aprender sem sair de casa.

Luana Amaral, para o material didático do curso online de Pintura em Tela.

Desde o início da pandemia, o Belas Artes Joinville se adaptou à nova realidade e investiu em recursos para garantir a qualidade das aulas online e a continuidade na formação de artistas. Com a construção de uma sala de gravação, aquisição de equipamentos, criação de plataforma de ensino e aprimoramento de diversos processos a escola tem sido referência em todo o país. E não é a toa que Karina elogia, “é como se a professora estivesse na minha frente”. A professora, Luana Amaral, inicia a aula com uma chamada de vídeo para introduzir o conteúdo do dia, depois envia um vídeo com instruções para a realização das atividades e continua conectada até o final da aula para sanar dúvidas, dialogar e fazer correções. Karina conta que já tem admiradores, “minha família e meus amigos estão acompanhando tudo e sempre elogiam, esses dias já até quiseram me contratar!”. E com um mês de aula, a aluna avalia “a escola superou minhas expectativas e a professora não é nota 10, é nota mil”, entusiasmada, a professora de artes visuais já está pensando no próximo curso, “quando terminar esse, vou fazer técnica vocal”

Karina teve uma experiência positiva como aluna EAD na graduação de Artes Visuais, mas o formato do curso não oferecia aulas práticas de técnicas de desenho e pintura durante a formação. Foi pensando na necessidade de troca e contato direto com o professor que Karina procurou por cursos presenciais de desenho e encontrou nas aulas online do Belas Artes Joinville exatamente o que precisava. “Não queria um curso de vídeo, tem vários desse, mas não ia adiantar”, relata Karina sobre sua busca por um curso online diferenciado, “na escola Belas Artes tem todo um acompanhamento pedagógico, a professora sempre me auxilia, olha meus trabalhos”. Como pedagoga, Karina é o tipo de aluna exigente, que reconhece a necessidade da mediação na construção do conhecimento e se surpreende com seu desenvolvimento em tão pouco tempo “quando eu voltar pros meus alunos, com certeza eu não serei mais a mesma professora”.

Se, assim como a Karina, você procura por um curso de artes com aulas online que oferece certificado, materiais didáticos exclusivos, acompanhamento pedagógico e contato direto com o professor, o Belas Artes Joinville é a escola ideal! Conheça nossos cursos e entre em contato para mais informações 😉

CURSOS DE ARTES

Autora: Heloiza Castro

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Deixe seu comentário!